Por que investir no Brasil?


O Brasil é o país que mais recebe investimentos estrangeiros diretos (IED) na América Latina, bem como a maior fonte desses recursos na região desde a segunda guerra mundial.

Desde 2008, o Brasil obteve o status de grau de investimento, conforme avaliação das agências de classificação Standard & Poors, Moodys e Fitch. Essa é a melhor classificação para receber investimentos estrangeiros.

Tal classificação deve-se ao fato de possuir uma área de 8,5 milhões de quilômetros quadrados; Tratar-se de uma porta de entrada para o Mercosul; Possuir fronteira com dez países: Argentina, Bolívia, Colômbia, Guiana Francesa, Guiana, Paraguai, Peru, Suriname, Uruguai e Venezuela, dentre outros atrativos culturais, históricos e políticos.

O não residente que desejar investir no Brasil deve, inicialmente, definir se participará do capital social de empresa já constituída, ou procederá com a abertura de uma nova empresa. Após verificar todas as formalidades legais, deverá constituir procurador no País que o representará enquanto sócio.

Consideram-se investimentos externos diretos, as participações com ânimo de permanentes, detidas por investidor não-residente no país, ou seja, pessoa física ou jurídica residente, domiciliada ou com sede no exterior, mediante a propriedade de ações ou quotas representativas do capital social de empresas brasileiras.

O capital estrangeiro deve ser registrado no Banco Central do Brasil em 30 (trinta) dias da execução do contrato de câmbio, de acordo com a Lei n.º 4.131/62 e Resolução do Conselho Monetário Nacional n.º 2.883/01.

O registro do capital estrangeiro ingressado no País é feito através do Sisbacen - Sistema de Informações Banco Central, no sistema de Registro Declaratório Eletrônico (RDE), sendo assegurado ao capital estrangeiro tratamento jurídico idêntico ao capital nacional, proibida qualquer discriminação não prevista em lei.

Todo capital estrangeiro deve ser registrado no Banco Central do Brasil, que emitirá certificado de registro, essencial para a entrada de dinheiro no país, bem como para a remessa de lucros ao exterior. Autora Ana Bressiani.

Para Maiores informações
[email protected]
55 + 48 2106430